contato@plenusgestaoempresarial.com.br
(55) 3219-0767
(55) 99649-9112

Blog

Notícias e novidades

Goodyear apresenta pneu futurístico que libera oxigênio

pneu goodyear

 

Batizado como “Oxygene”, projeto foi apresentado durante Salão do Automóvel de Genebra

Você já sabe que as cidades do futuro estarão tomadas por carros autônomos movidos a eletricidade. Nem é mais novidade. Mas agora, parece que até os pneus desses veículos serão tecnológicos. A Goodyear acaba de apresentar um novo pneu conceitual que promete não só extrair gás carbônico do ambiente como também liberar oxigênio.

Batizado como “Oxygene” e ainda sem data para virar realidade, o projeto foi revelado ao público durante o Salão do Automóvel de Genebra. A empresa diz querer fazer parte de “uma mobilidade urbana mais limpa, conveniente, segura e sustentável”. Segundo a companhia, o conceito é projetado para se integrar perfeitamente às futuras paisagens urbanas.

Prepare-se para algo bem diferente do pneu convencional com que você está acostumado. Para começar, há uma estrutura na lateral com uma parede de musgos vivos. Essa parte absorve a umidade e o CO2 do ar para realizar fotossíntese, processo que libera oxigênio.

Útil, sem dúvida, pode ser. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), mais de 80% das pessoas que vivem em áreas urbanas estão expostas a níveis de poluição que excedem os limites da OMS. Em uma cidade do tamanho de Paris, com cerca de 2,5 milhões de veículos, o Oxygene seria capaz de gerar cerca de 3 mil toneladas de oxigênio e absorver mais de 4 mil toneladas de dióxido de carbono por ano.

“Com mais de dois terços da população mundial vivendo em cidades até 2050, as demandas de redes de transporte em ambientes urbanos aumentarão substancialmente”, diz Chris Delaney, presidente da Goodyear para Europa, Oriente Médio e África, em comunicado. “Infraestrutura e transporte mais inteligentes e ecológicos serão cruciais para enfrentar os desafios mais urgentes da mobilidade e do desenvolvimento urbano.”

O Oxygene também armazena a energia para alimentar sensores de bordo, uma unidade de processamento de inteligência artificial. Há uma faixa de luz personalizável na parede lateral do pneu, que troca de cores para alertar outros motoristas sobre próximas manobras. O pneu seria completamente feito com materiais reciclados.

Fonte: epocanegocios.globo.com

Deixar um comentário